Tags

, , , ,

Bom, quando uma pessoa lê a palavra “crítica” decerto associa logo a um texto que aponte tanto o bom como o mau de algo. Uma crítica não se prende em apenas listas as qualidades de determinado livro, filme, série… ou figura. Mas receio que vá cair nesse erro agora mesmo pois não há absolutamente nada a apontar aqui. Claro que, quando comparando com a versão da Gift se nota que faltam os detalhes na armadura, mas cada artista é susceptível de ter a sua interpretação de cada personagem e, sejamos honestos, essa é uma das coisas que torna coleccionar trabalhos de vários escultores tão interessante. Comecemos então este “texto de apreciação” à excelente Saber Lily, lançada pela Good Smile Company:

Não é por nada mas acho que sou ligeiramente melhor a tirar fotos a objectos que a pessoas, como se pode ver pela reportagem do Photoshoot. Bom, esta versão da Saber Lily intitula-se Distant Avalon. Há outra, também pela Good Smile Company, que é praticamente igual mas não tem armadura – a Golden Caliburn. É interessante porque, segundo os comentários, a Golden Caliburn começou por ser a mais rara, depois tornou-se na mais comum e agora é novamente a mais rara devido ao re-lançamento da Distant Avalon. E abençoado re-lançamento, digo eu!

Os detalhes num objecto tão pequenino como a espada são impressionantes. Gosto imenso dos tons de dourado utilizados no centro da espada.

O movimento do vestido está 100% de acordo com o movimento da personagem. Está tudo no sítio, cada prega, cada dobra.

E quem resiste a uma Saber de rabo-de-cavalo?

Tal como na versão da Gift, esta tem um pequeno brilho na roupa. Felizmente não dá tanto nas vistas, embora seja difícil dizer qual está melhor nesse campo.

Fan service!

A armadura acompanha as linhas esguias e sensuais das pernas.

As sombras no vestido ligeiramente rosa são lindíssimas.

O autor desta figura é Kawahara Takayuki, responsável não só pela versão Golden Caliburn como pela excelente (e cara) Saber Zero que está para sair. Curiosamente pensava que também tinha sido ele a fazer esta. Que também espero conseguir arranjar um dia, claro.

Close-ups:

Pormenores da base:

IMPORTANTE! A FALSIFICAÇÃO NÃO TEM “FATE/UNLIMITED CODES” ESCRITO NA BASE! É uma forma fácil de verificar se estão com um produto original na mão ou não. Para imagens da falsificação, cliquem aqui. A cara, credo. Bom, continuando!

A Saber vem com uma mão extra, a qual dá para encaixar na bainha da Excalibur.

Curiosamente, ambas as espadas cabem perfeitamente na bainha. É a primeira vez que me acontece.

E, para terminar, as minhas duas meninas lado a lado!

Não dá para comparar, são demasiado diferentes uma da outra mesmo sendo a mesma versão da mesma personagem. Dou 9/10 a esta figura. Há sempre espaço para melhorias e acho que nunca chegarei ao ponto de dar 10/10 alguma vez. Mas a nível de escultura, pintura e enjoyment…sim, um 9, sem dúvida. Até o meu pai gosta!