Boa tarde, caros leitores do Ritsu!

Hoje vamos falar novamente de uma Sakura, mas com um fato diferente e igualmente bonito e bem conseguido pela Natércia Antunes, mais conhecida por todos como Tercy Sakura que se aventurou no mundo mundo do cosplay em 2006.

1. Porquê a escolha desta personagem para cosplay? 
Escolhi esta personagem, porque adoro-a desde os meus 9 anos, cresci com ela e não a largo por nada (risos), para mim, Sakura é Sakura, uma vez que adoro ambas das CLAMP, tenho-a gravada no meu coração e ninguém me tira esta grande paixão que tenho por ela. Daí só faço, unicamente , cosplays dela. Amor é amor, e quando gostamos de uma coisa é ir em frente e lutar por aquilo que queremos!

2. Porquê este fato em especifico?
Inicialmente, estava a pensar num outro fato, menos elaborado e mais básico, mas depois, quando abri o meu artbook e vi a imagem, fiquei completamente apaixonada e não hesitei em fazê-lo! Adorei os pormenores, as cores, até o acessório (espada). E como ainda ninguém o tinha feito em Portugal, tive uma oportunidade de apresentar um novo cosplay, raramente visto nas comunidades, e também de apresentar uma Sakura diferente, para chamar atenção do público em conhecer a personagem pela espada e não pelo actual e conhecido bastão da Card Captor.
Também por este fato ser apresentado numa peça teatral do Anime, chamada “A Bela Adormecida” e nesse episódio retrata uma personagem activa, decidida e lutadora, diferente de uma personagem fofa, querida e calma como toda gente a conhece, daí criar uma diferente versão dela.

3. Quanto tempo demorou a ser feito? 
Uma vez que sou do Funchal e estudo fora, posso apenas fazer os meus fatos quando volto a casa, tenho cá o meu atelier de costura, os meus acessórios, e as minhas lojas favoritas. Daí que estive de férias no mês de Fevereiro, então penso que em três semanas consegui fazê-lo, com a minha mãe sempre a chatear-me. (risos)
Mas quando se trata de acessórios de cosplay, como espadas, bastões e asas, faço-os unicamente no meu tempo de aulas, uma vez que não posso transportar objectos de grandes dimensões nas viagens de avião (risos)
Então a espada  foi feita em duas semanas antes do Natal.

4. Dirias que o fato, na sua totalidade, foi de fácil ou difícil construção? 
Antes de pensar em comprar os tecidos ou outras coisas, começo por esboçar o fato em si, e crio tudo de uma forma simples e prática, compondo por partes a constituição do cosplay. Daí, até hoje nunca achei difícil ou trabalhoso de fazer um fato, por mais que as pessoas acham e digam “oh é dificil de fazer” não, não é, se pensarmos em como dividir e simplificá-lo por partes. Este agora não achei que fosse difícil mas agora sim, tive uns pequenos acidentes com as mangas-balão, até me deram dores de cabeça. (risos)

5. Gastaste por volta de quanto dinheiro neste cosplay?
Fazendo as contas todas, creio que foi por volta de uns 40€ a 50€. Os tecidos não foram caros, eu escolho sempre os mais baratos e mais bonitos, mas os diamantes para o casaco, até mesmo os fios de ouro e as duas plumas para o chapéu, foram um bocado caras.

6. Aprendeste alguma coisa nova durante o processo? 
Bem, nunca tinha feito um casaco (casado de pianista, por assim dizer) com mangas-balão e com duas caudas atrás, então poderei dizer que aprendi a fazê-lo, como tirar os seus moldes e como costura-lo.

7. Gostaste do resultado final? 
Sim, gostei. Claro que eu quero sempre mais e mais, porque todos nós sabemos que somos capazes de sermos maiores,  mais fortes e com mais força de vontade conseguimos melhorar os nossos projectos.

8. Que achaste da recepção da comunidade quando fizeste este cosplay? 
Achei um máximo. (risos) Fiquei um pouco envergonhada com os comentários de certas pessoas que nunca pensei que comentassem, elogios até demais. Sou um pouco tímida, mas na hora só sabia expressar toda a minha felicidade em forma de agradecimento. Fiquei muito contente e obrigada mais uma vez a todos os que me apoiaram e gostaram do meu cosplay.

9. Agora olhando de novo para o fato, mudarias alguma coisa? 
Só se fosse a gola branca, na imagem era mais alta e colada ao pescoço. E na hora não pensei bem como  fazê-la.

E chegou ao fim a entrevista desta semana.
Espero que tal como eu, os leitores fiquem à espera de novos fatos de Sakura da Tercy para breve!