Tags

,

Yuki Sadana é um rapaz muito pouco comunicativo e por esse motivo não tem um único amigo. Ele muda-se para a ilha de Enoshima com a sua avó e desde logo fica fascinado com aquele local. Pouco tempo após a sua chegada conhece Haru, um rapaz que se auto-intitula de alien e parece estar obcecado em ser seu amigo. Natsuki e o misterioso Akira são mais duas personagens que se juntam a Yuki e Haru, e ilha onde se encontram será o palco de um evento que irá determinar o destino do mundo.

O episódio foi no mínimo estranho. Mas um estranho agradável.
Acompanhamos Yuki na sua jornada, um pouco solitária, onde tem que se despedir dos seus colegas da antiga escola e partir para a sua nova casa. Yuki é um rapaz fora do comum, ou talvez não. Por mais incrível que possa parecer consigo identifica-me com ele (awkward). Ele entra em pânico em situações que precisa de interagir com outras pessoas, especialmente quando é o centro das atenções. Quando isso acontece, a sua ansiedade é caracterizada por manifestações bastante estranhas. Resta saber se estas manifestações são apenas a sua imaginação a exprimir os seus sentimentos como forma de escape à realidade ou se quer dizer algo mais.

Haru é um rapaz misterioso que parece ter influência no comportamento de outras criaturas. Bem, ele diz ser um alien. Será verdade? Assim que vê Yuki pela primeira vez fica bastante interessado em ser seu amigo, ou será obcecado?! Passa a viver na mesma casa que Yuki e também se apresenta como estudante transferido na mesma turma.

Das outras duas personagens pouco ficamos a saber neste episódio. Natsuki é da mesma turma de Yuki e Haru e apenas sabemos que é um excelente pescador. Akira vigia o que se passa na ilha do seu telescópio e tem um pato chamado Tapioca.

Parece ser uma série interessante, vou estar atento aos próximos episódios.

Gênero: Sci-Fi, Shonen
Nota: 6/10 (espisódio 1)