Em Portugal cada vez mais se vê mais cosplayers a apostarem nos seus skits e por isso, hoje vamos saber a opinião dos nossos cosplayers no que toca a representar as personagens que interpretam em palco.

Quão importante é um skit para um cosplay?

“Um skit é importante, em proporção directa, conforme a postura do cosplayer em relação ao cosplay. Se o individuo estiver mais ligado a sessões fotográficas, pode não dar tanta importância ao palco e ao skit. Se pelo contrário for um cosplayer mais de palco, o skit passa a ter uma importância intrínseca vinculada ao cosplayer. Não obstante, é uma parte fundamental do cosplay, e qualquer cosplayer para se dizer completo, tem que ter alguma postura de palco.”

Esta semana viu-se impossibilitada de cooperar com o Ritsu.




Esta semana viu-se impossibilitado de cooperar com o Ritsu.




“Eu entrei na comunidade e ainda não havia a obrigatoriedade de se fazer um skit num concurso, desfilávamos, mas nunca como cabides dos nossos fatos, tentávamos sempre representar os nossos personagens, mesmo sem skit; também naquela altura não tínhamos muitas condições, eu acho os skits importantes, até para chamar a atenção do público e das pessoas de fora (da comunidade). Mas também acho que em certas vezes o skit não deveria contar para a pontuação num concurso, porque para fazer um skit, não é preciso só os cosplayers inventarem/prepararem algo com qualidade, é preciso subir ao palco e saber que temos o MINIMO de condiçoes para fazermos um skit BOM. Muitas vezes “obrigam-nos” a fazer skits, com montanhas de regras e sem condições no palco.
Portugal ainda tem bastante que evoluir, mas não são os cosplayers que tem de fazer isso… Porque nos temos MUITAS ideias boas! O esforço tem de vir tambem das organizaçoes dos eventos.”

“Na minha opinião, e em termos de concurso/apresentação, o skit conta tanto ou por vezes até mais do que um bom fato. É extremamente difícil elaborar-se um skit com pés e cabeça, que consiga representar a personagem tal como ela é no anime/manga/jogo/livro/etc, de forma a que o público perceba e se envolva (principalmente aquele que não sabe nada da história). O skit é o que torna o fato vivo e que demonstra a paixão e o divertimento que o cosplayer sente quando representa a sua personagem.”

Por esta semana é tudo.
E vocês? Que pensam sobre os skits?