Tags

, , ,

Esta é mais uma das minhas aventuras por séries e mundos que não conheço. Mas quando vi as primeiras imagens desta figura não consegui resistir. Tem tudo o que me poderia interessar: toneladas de cor-de-rosa, asas, e é baseada numa ilustração do Tony Taka. Podia pedir mais? Bom, na verdade podia. Porque, como vamos ver já de seguida, embora a bigger picture seja deslumbrante, os detalhes deixam algo a desejar.

Gosto imenso da pose. Pode não parecer muito dinâmica mas dá a sensação de que está a levantar voo e a graciosidade das mãos atribuem uma delicadeza muito subtil. Não sou grande fã da base nem do facto de não dar para tirar os pés da base – a figura desmonta-se pela cintura. Preferia algo mais trabalhado ou contrastante, não sei. Contudo, como podem ver já por aqui, a escultura no cabelo está bastante bonita e as asas são um dos pontos altos.

Mas os defeitos começam já aqui:

Os acabamentos estão muito sloppy. A superfície nalgumas zonas não está de todo lisa apresentando inclusivamente alguns grãos. Noutras, como no cabelo, as pontas parece que não foram esculpidas até ao final.

Vê-se bem aqui aquele granulado de que falo. Mas o movimento do cabelo está muito bom, assim como a cor. É um castanho-alourado-dourado bastante apropriado para aquela que é a Deusa do Chá.

Começamos agora a entrar nos detalhes do fato. Também aqui os acabamentos foram feitos à pressa. A escultura nos pequenos triângulos de renda não é nada limpa.

Mais um pouco daquele granulado de que falei e uma grande falta de detalhe nos folhos.

É uma pena não se notar através da fotografia mas a “saia” tem tons de cor-de-rosa bem subtis e bonitos. Embora a sua escultura também pudesse ter sido feita de forma diferente.

As asas compensam ligeiramente as falhas de escultura na figura principal. São bastante detalhadas e o ligeiro brilho pérola fica a matar.

Overview:

Veredicto:

Não é uma figura perfeita. Vista de longe consegue surpreender mas, olhando de perto, as pequenas falhas saltam bastante à vista. Este factor de qualidade-não-corresponder-ao-protótipo tem sido bastante comum com a Kotobukiya o que tem resultado num decréscimo do nível de confiança na marca. Pessoalmente não estou totalmente insatisfeita. Continuo a achá-la lindíssima, adoro a serenidade na expressão, o cabelo, a delicadeza da pose. Mas para o seu preço seria necessário outro tipo de qualidade que não esta. É uma pena. Dou 6/10 à figura em si e 7.5/10 ao factor enjoyment porque gostei muito de a fotografar. Se é que isso conta para alguma coisa, claro.