Tags

, , ,

Não está muito relacionado com o mote deste blogue mas também conta como coleccionismo, creio.

Desde pequenina que sou influenciada pelos gostos dos meus pais numa grande variedade de áreas. Aliás, estou no curso que estou por influência da minha mãe, que deste pequena me incutiu o gosto pela leitura. Mas isto são detalhes. Adiante. O meu pai, parecendo que não, é um grande fã de banda-desenhada – isto é, de banda-desenhada clássica, de séries que eram publicadas na Revista Tintin do tempo de sua infância. Logo, tenho em casa colecções completas de séries como Michel Vaillant, Astérix, Blake and Mortimer e, claro, Tintin. E de todos estes foi o último que também me conseguiu conquistar (também sou fã de Astérix mas não me vejo a coleccionar merchandise relacionado com a série). Lembro-me de um Verão particularmente chato em Espanha durante o qual a única entretenga que tinha era devorar a série completa (e desenhar as capas). Fiquei absolutamente fã.

Comecei a coleccionar merchandise relacionado com a banda-desenhada na Feira do Livro de Lisboa do ano passado (julgo que foi o primeiro ano em que a Loja Tintin lá teve banca). Fiquei maravilhada com a quantidade de figurinhas que haviam, particularmente aquelas que reproduzem cenas icónicas dos livros. O próximo passo foi na Feira do Automóvel Clássico do Porto na qual comprei duas miniaturas de carros que aparecem na série. E, por fim, a última aquisição foi feita na Cool People. Desconhecia por completo esta loja e recomendo-a vivamente a fãs de banda-desenhada e Star Wars. Agora que tenho uma fonte de material tão convenientemente próxima vou investir um bocadinho mais nesta colecção.

Isto é o pouco que tenho. Mas com boa vontade sei que consigo ter as reproduções de cena todas.

E depois passo para as cenas de capa.

Ou não.