Tags

, , ,

Gosto muito de prize figures. Tenho várias, todas elas obtidas na Mandarake e na Play-Asia. O que gosto especialmente neste tipo de figuras é o facto de terem um preço bastante acessível para a qualidade delas (claro que nem sempre são da melhor qualidade possível). Costumo procurá-las quando gosto de uma série, mas não ao ponto de querer ter uma figura ainda mais cara. Custam-me, normalmente, entre 15€ e 25€, e sempre fico com algo representativo de uma série que me agradou.

A minha mais recente aquisição foi a personagem Takakura Himari, da Taito, da série Mawaru Penguindrum. Desde que estou a ver a série que gosto bastante desta personagem. No entanto, a minha adoração prende-se fundamentalmente com os pinguins. São tão fofos! Mas adiante. Encontrei-a na Mandarake, onde existem várias a um preço bastante acessível. Achei-a muito querida, e por isso não hesitei e encomendei-a. Existiam outras, mas achei que a Himari de vestido casual ficava particularmente bonita, e ter o pinguim no colo deixa-a absolutamente adorável. Além disso, combina duas vertentes dela: a de uma simples menina e a de Princess of the Crystal, a entidade que toma conta do seu corpo na história. Assim sendo, acho que é uma figura muito representativa, na sua globalidade, de Mawaru Penguindrum.

A primeira coisa que posso dizer é que gosto muito da pose, uma vez que combina bastante com a personagem. Transmite uma sensação de alegria, leveza e simplicidade. Estava um pouco apreensiva com o facto de se equilibrar bem na base, mas (e felizmente) correu tudo bem.

É certo e sabido que a qualidade deste tipo de figuras nunca se poderá comparar à das outras e, por isso, esta tem várias falhas. Começando pela pintura, que não é nada perfeita, existem falhas a diversos níveis, nomeadamente nos acabamentos do chapéu e do pinguim. No entanto, não é nada que me incomode muito, pois já estava à espera deste tipo de particularidades. E, mesmo assim, os acabamentos do chapéu nem estão nada maus. A pintura é simples, mas adequada à personagem.

Gosto muito da posição da Himari e da forma como abraça o pinguim. Fica tão adorável que é, sem dúvida, a prize figure mais querida que tenho.


Aqui podem ver uma das falhas na pintura, no chapéu:

Outras fotografias:


Em suma, apesar das suas falhas, é uma figura muito querida. Fiquei bastante agradada, já que o seu preço não foi nada alarmante (rondou os mil ienes, se não estou em erro). Fico contente por ter ficado com uma figura de uma série que estou a gostar. Talvez no futuro venha a adquirir algo melhor, quem sabe.