Tags

Depois de uma semana em que não exibiram Naruto Shippuden estava à espera de um episódio com mais acção. Em vez disso, o episódio desta semana mostra-nos as tácticas que vão ser utilizadas nas varias frentes de combate e quais os encontros que irão haver. Este episódio serve como uma introdução para as batalhas épicas que ai vêm.

O episódio começa com Mu (segundo Tsuchikage), que invoca o terceiro Raikage, o segundo Mizukage e o quarto Kazekage (pai de Gaara). Kabuto espera bastante destes ninjas e deixa que Mu tome alguma liberdade no que toca ao comando dos três Kages. Depois de serem reanimados, os quatro discutem sobre o que lhes aconteceu e quem está por de trás deste poderoso jutsu.

Garaa observa tudo o que se passa de longe. A informação que recolhe sobre os quatro Kages é rapidamente passada até ao quartel general das força aliadas e todos ficam surpreendidos pois a contagem não bate certo com as suas leituras sensoriais. Onoki explica que Mu é capaz de esconder a sua presença e assim passar despercebido entre as forças aliadas. Raikage fica bastante irritado com a Akatsuki, que se atreveu a reanimar o seu próprio pai.
Para alem deste problema, a concentração um grande numero de Zetsus faz com que os ninjas sensoriais não consigam detectar quais deles têm características especiais. Ao tentar solucionar este problema, apercebem-se que a unidade de Darui, que se encontra na zona do litoral, irá enfrentar alguns ninjas reanimados. Entre eles encontram-se Kakuzu, Hyuuga Hizashi (pai de Neji), Asuma, Dan e os irmãos Kinkaku e Ginkaku que possuem o chakra da Kyubi.
Reikage fica descontente com a ideia de que a quarta divisão irá lutar contra o terceiro Raikage e a primeira divisão contra Kinkaku e Ginkaku e decide ir para o campo de batalha. Shikaku tenta meter-lhe algum juízo na cabeça e diz que isso seria imprudente, já que é ele que lidera todas as forças aliadas.
Shikaku diz ao Reikage que o fluxo de batalha é como um ser vivo, ele muda a cada segundo e que ele está ali exactamente para prever essas mudanças. Shikaru sugere um plano de batalha e explica no mapa como a sua estratégia de emboscada e desvio de divisões pode dar vantagem às forças aliadas.
O plano é aceite por Raikage e fica decidido que Onoki irá entrar no campo de batalha para enfrentar o seu mestre (Mu).

O episódio acaba quando o quarto Kazekage se apercebe que está a ser observado por Garaa.