Tags

Naruto e Bee seguem em direcção ao campo de batalha.

Durante a deslocação, a Kyuubi tem a iniciativa de falar com Naruto. Um acontecimento único, já que durante toda a série sempre foi Naruto que se dirigiu à raposa, na maior parte dos casos para lhe pedir chakra. Irá iniciar-se uma batalha emocional no subconsciente de Naruto que poderá mudar para sempre a relação destas duas personagens.
O intuito da Kyuubi em falar com Naruto cedo é revelado. A raposa pretende mostrar que os valores de Naruto estão errados, na tentativa deste sucumbir ao ódio e não ter outra hipótese se não liberta-la. Para conseguir isso, a Kyuubi começa por questionar o facto de Naruto pensar que consegue aguentar toda a dor, sofrimento e ódio desta guerra. Como é que Naruto conseguirá fazer isso se for testemunha da morte de um companheiro? Como poderá Naruto mudar os corações de todos os ninjas que já perderam os seus companheiros nesta guerra? Todas estas perguntas culminam na grande questão, como é que Naruto irá suportar tudo isto sozinho se não conseguiu mudar o coração de uma única pessoa que lhe é querida, o seu melhor amigo Sasuke? E assim somos levados numa viagem ao passado, até aos tempos da academia ninja.
Vemos os ninjas da Vila da Folha a treinarem o combate corpo a corpo. É explicado que no inicio do combate os ninjas devem fazer o “selo de combate” e no final deverá ser feito o “selo da união”, que simboliza a amizade. Ainda na mesma cena, Naruto e Sasuke iniciam o seu combate fazendo o selo próprio para isso, mas nunca chegam a fazer o “selo da união” no final do combate.
A Kyuubi relembra Naruto aquele momento e diz-lhe que o seu destino e o Sasuke estão ligados desde aquela altura pelo ódio e rivalidade. Seguimos noutra viagem ao passado para relembrar quando Sasuke disse a Naruto que nunca poderia mudar aquilo em que se tornou e que a única solução seria mata-lo e ser um herói ou morrer e ser um perdedor. A atitude de Naruto perante esta situação faz com que a Kyuubi pense que ele irá precisar da sua ajuda para derrotar Madara. No entanto Naruto apercebe-se dos esquemas da raposa e diz-lhe que não se deixará enganar, que vai mudar a guerra e voltará a falar com ela quando tudo acabar. A raposa fica furiosa. Naruto, com um sorriso, diz-lhe que um dia mudará todo o ódio que a consome.

Naruto reflecte no que a Kyuubi foi para ele este tempo todo. A raposa viu-o crescer e foi como os pais que nunca teve, que o acompanhou nos bons e nos maus momentos e o ajudou quando ele mais precisou. O episódio termina com Bee a dizer a Naruto para este ter cuidado com o chakra da Kyuubi, pois se não tiver cuidado a raposa irá consumir o seu chakra e ele encabará por morrer.