Tags

, , ,

Hoje em dia tenho um lema: quando todas as companhias desatam a fazer figuras da mesma personagem, digo para mim mesma “espera pela Alter”. Porque a Alter acaba sempre por apresentar uma versão que, invariavelmente, é sempre superior a todas as outras. Aconteceu agora com a Princess of the Crystal e aconteceu com a Menma, como veremos já de seguida.

Photobucket

O que me chamou a atenção foi a base mas a figura em si é a mais fiel à personagem que se encontra no mercado, de momento. A pureza e delicadeza dela estão bastante bem representadas. A nível de pintura é interessante ver que há uma completa ausência de sombreados, ausência essa que, estranhamente, em vez de transmitir uma sensação de cor em bloco, contribui para a delicadeza da mesma. Acontece sobretudo com o cabelo e com os folhos da saia, que parecem esculpidos extremamente fininhos e, com a luz certa, quase parecem translúcidos.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

As sombras que vêm são efeitos de luz conseguidos através dos ângulos da escultura. Parecem que planeados ao mínimo detalhe para dar este efeito. Digo-vos, há muito tempo que não gostava tanto de fotografar uma figura e mal posso esperar por ter as pilhas para a máquina capaz.

E aquele rosado adorável e ligeiro no rosto!

Photobucket

Photobucket

E agora a base, elemento principal do conjunto. Quem viu a série sabe o que a base representa e, de certo, deliciar-se-á com os detalhes aqui representados.

Photobucket

Sobretudo este:

Photobucket

E este:

Photobucket

A figura assenta na base através de ímans. O diário é uma questão de jeito e de muito cruzar de dedos para que não desapareça com um encontrão. Tenho imenso medo de o perder.

Photobucket

Photobucket

Photobucket

Também gostava que o apoio para o guarda-chuva fosse diferente. Como vêem há ali um pequeno buraquinho no qual a ponta encaixa ligeiramente. Mas é esse ligeiramente que me deixa de pé atrás. É complicado mantê-lo no lugar.

É uma figura 9/10. Só não dou nota máxima por causa do diário e do guarda-chuva que são detalhes importantes (o primeiro pelo papel que tem na série, o segundo por dar cor ao conjunto) e que facilmente se podem perder. Mas a Alter continua a ser a minha companhia de eleição, sem sombra de dúvida.

Photobucket